TJ concede liberdade para vereador eleito de Ibaiti

O policial civil e vereador eleito de Ibaiti,Elielson Carlos de Araújo, o Tiguera (fotos) ganhou a liberdade nesta quinta-feira,dia primeiro.O Tribunal de Justiça concedeu Habeas Corpus por unanimidade ao requerimento feito pelos advogados César de Mello, César de Mello Junior e Edmilson Marques.A acusação é de favorecimento de prostituição de adolescentes no município, o que é negado veementemente por ele e pela sua defesa.
A liberdade dele, que tem 46 anos e é policial civil há 23 anos,já era prevista pela comunidade, pois é casado, tem três filhos e uma conduta inatacável.
Estava preso desde o dia 14 de outubro pela operação “Alcova”,deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Londrina, pela Promotoria de Justiça do Ministério Público e pela Corregedoria da Polícia Civil. A investigação partiu de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça. Durante este trabalho, surgiram indícios de que havia meninas se prostituindo em um estabelecimento no centro da cidade. Na tarde de quarta-feira, o local foi fechado, mas nenhum adolescente foi encontrada.
Tiguera foi preso preventivamente.Agora em liberdade será diplomado vereador na segunda-feira, dia cinco, e tomará posse normalmente no dia primeiro de janeiro.
Fez 325 votos pelo PTB.
Os desembargadores revogaram a prisão preventiva acolhendo os argumentos da defesa,”decisão unânime reconhecendo a inexistência de motivos para a prisão,
estamos convictos de que será provada a inocência e que será absolvido”, afirmou César de Mello.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.