Sepultado corpo de homem morto pelo genro

O corpo de Claudinei Domingues dos Santos(foto), de 35 anos, foi sepultado na tarde desta segunda-feira, dia quatro, no cemitério municipal de Quatiguá.Ele foi morto pelo próprio genro, Bruno de Oliveira, 30, em legítima defesa na tarde de domingo,dia três, num sítio no bairro rural Retiro, em Quatiguá.
Tido como pessoa pacata e trabalhadora, não podia ingerir bebida alcoólica,pois se transtornava e foi o que aconteceu pela última vez.
Claudinho, como era conhecido, começou a fazer ameaças de morte a amigos e parentes empunhando uma motosserra(foto).A razão era ridícula: o suposto desaparecimento de sete latas de cerveja da vítima.
Alguns dos presentes, assustados, saíram rapidamente do encontro que seria festivo.Alterado, ameaçava todos incluindo crianças.
Os poucos que permaneceram assistiram a cenas deploráveis semelhantes a filmes de terror e entraram em pânico quando o rapaz iniciou a usar a ferramenta em partes da residência.O genro desferiu um golpe na cabeça dele, que caiu, foi socorrido, mas faleceu logo na sequência pelos danos causados no traumatismo craniano.

Claudinho trabalhava com frete de caminhão e transportava lenha e leite.
O genro deve se apresentar nesta terça-feira e aguardar o julgamento em liberdade.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.