Fernanda e Romanelli vistoriam danos no NP

A secretária de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa visitou nesta quinta-feira (14) alguns dos municípios afetados pelas fortes chuvas que atingem o Paraná desde o último sábado (09). O trajeto incluiu Jaguariaíva, nos Campos Gerais; Tomazina, Joaquim Távora e Bandeirantes, no Norte Pioneiro.

Os prefeitos Guilherme Saliba e Gelson Nassar acompanharam.
Em cada localidade, a secretária ouviu o desabafo das famílias que foram prejudicadas pelas chuvas e conversou com gestores municipais a respeito do trabalho de recuperação das áreas afetadas e assistência às vítimas.
“Sentimos a dor dessas pessoas que perderam tudo, mas que não perderam esperança. Em cada olhar vemos uma grande força para superar tudo isso e recomeçar”, disse Fernanda. “São centenas de famílias que estão passando por um momento muito difícil e é nessa hora que elas mais necessitam do apoio do poder público. Precisamos unir esforços para que o sofrimento delas seja amenizado e possam reconstruir suas vidas o mais breve possível”, afirmou.
Fernanda destacou o trabalho realizado pelas equipes da Defesa Civil, que desde o início das ocorrências estão trabalhando intensamente nas regiões atingidas, com prioridade no atendimento às vitimas, o socorro e a proteção às pessoas que estão em situação de risco.
RECONSTRUÇÃO – Ao sobrevoar as áreas atingidas, a secretária conferiu de perto o rastro da destruição causada pela chuva, que danificou estradas e pontes, impedindo o acesso em importantes trechos nas rodovias estaduais. Um dos trechos sobrevoados foi na região de Wenceslau Brás, onde a pista da PR 092, quilômetro 250, está totalmente interditada.
“O trabalho de reconstrução será intenso, mas a população e os municípios podem contar com a atenção do Governo do Estado. Já estamos em ação para que esta situação crítica seja superada em breve e os prejuízos sejam amenizados”, afirmou ela.
Segundo a Defesa Civil do Paraná, o município de Jaguariaíva registrou problema em 40 pontes e teve estradas danificadas. Na PR-151, que corta a cidade, a cabeceira da ponte do Rio Três Bocas cedeu. Por medida de segurança, o tráfego no local segue em meia pista.
Em Tomazina, foram danificados 60 quilômetros de estradas rurais e oito pontes, porém não há desabrigados ou desalojados. Na PR-272, entre Tomazina e Siqueira Campos, houve quedas de barreira e as equipes estão sinalizando o local e recuperando o tráfego.
No município de Bandeirantes, há 150 pessoas afetadas e 75 desalojadas. Na PR-436, a pista está totalmente interditada no trecho entre Bandeirantes e Itambaracá, devido à cheia do Rio das Cinzas e rompimento da pista.
O governador Beto Richa determinou que fosse estruturada uma ação emergencial para recuperar, o mais rápido possível, os trechos das rodovias estaduais que foram danificados. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) os prejuízos até agora somam R$ 50 milhões em 22 pontos de rodovias estaduais afetados.
“Os prejuízos computados se aproximam dos R$ 100 milhões, conforme informações que chegam à Defesa Civil Estadual e à Secretaria da Infraestrutura e Logística”, disse o governador, em coletiva à imprensa concedida na rodovia PR-445, onde a ponte sobre o Rio Cafezal foi alagada e ficou interditada durante dois dias. O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, e o prefeito de Rolândia, Luiz Francisconi, acompanharam o governador.
Richa afirmou que o Governo do Estado está mobilizado para apoiar os municípios. “As equipes da Sanepar trabalham 24 horas, já que muitas cidades da região estão com abastecimento de água comprometido, muitas estações de tratamento foram inundadas. Da mesma forma, a Copel tem feito um trabalho muito intenso para garantir que não falte energia elétrica em casas e empresas”, disse o governador.
Neste momento, afirmou Richa, o governo prioriza situações mais emergenciais. “E não poderia ser diferente, pois não há dinheiro para resolver tudo em um curto espaço de tempo”, disse. O governo estadual libera recursos aos municípios com situação de emergência reconhecida. “Também estamos disponibilizando óleo diesel para o trabalho das máquinas municipais na recuperação das estradas rurais.”

 

Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social Fernanda Richa visita os municípios atingidos pela chuva.Na foto região de Tomazina.Foto:Rogério Machado / SECS
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social Fernanda Richa visita os municípios atingidos pela chuva.Na foto região de Tomazina.Foto:Rogério Machado / SECS

Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social Fernanda Richa visita os municípios atingidos pela chuva.Na foto região de Tomazina.Foto:Rogério Machado / SECS

 

Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social Fernanda Richa visita os municípios atingidos pela chuva.Na foto região de Tomazina.Foto:Rogério Machado / SECS

Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social Fernanda Richa visita os municípios atingidos pela chuva.Na foto região de Tomazina.Foto:Rogério Machado / SECS

 

Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social Fernanda Richa visita as regiões atingidas pela chuva, na foto atendimento aos moradores de Joaquim Távora.Foto:Rogério Machado / SECS

Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social Fernanda Richa visita as regiões atingidas pela chuva, na foto atendimento aos moradores de Joaquim Távora.Foto:Rogério Machado / SECS

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.