Evandro Junior e Pedro Lupion querem menos impostos para fábricas de bebidas do Paraná  

Os deputados Evandro Jr e Pedro Lupion acompanharam, na noite desta quarta-feira,dia dez, empresários do setor de refrigerantes e bebidas em reunião com o governo do Estado para reivindicar a redução de ICMS(foto).

Saímos daqui com a certeza de que há um caminho claro para se corrigir essa injustiça com a indústria do Paraná, premiada pela sua qualidade no Brasil e no exterior, seus empresários e trabalhadores

Desde o fim do ano passado, a Secretaria da Fazenda do Paraná aumentou o ICMS(Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) dos refrigerantes de 12% para 18%. E, para as micro cervejarias, por exemplo, o ICMS foi de 12% para 29%, explicam empresários do setor.

            “Para efeito de entendimento, o incentivo retirado pelo governo do Estado das pequenas fabricantes de bebidas representa uma arrecadação a mais, no total, de cerca de R$ 15 milhões por ano, enquanto o incentivo dado às multinacionais do setor ultrapassa mais de 200 milhões no mesmo período, situação que não nos parece justa”, relata Fernando Rodrigues de Bairros, presidente da Afrebras, a associação que reúne os fabricantes de refrigerantes do Brasil, com sede em Curitiba.

“Saímos daqui com a certeza de que há um caminho claro para se corrigir essa injustiça com a indústria do Paraná, premiada pela sua qualidade no Brasil e no exterior, seus empresários e trabalhadores.

            Os empresários, que representam cerca de 70 fabricantes e milhares de empregos, foram recebidos pelo secretário-chefe da Casa Civil do Paraná, deputado federal Valdir Rossoni. Na reunião, o secretário, de acordo com a sua assessoria, informou que a orientação do governador Beto Richa é no sentido de que se encontre uma solução.

Ficou combinado, ao final do encontro, que a Casa Civil marcará uma reunião com a equipe da Secretaria da Fazenda do Paraná para que a solução avance.

“Saímos daqui com a certeza de que há um caminho claro para se corrigir essa injustiça com a indústria do Paraná, premiada pela sua qualidade no Brasil e no exterior, seus empresários e trabalhadores. O que nós queremos é a isonomia tributária, que vai beneficiar também o consumidor desses produtos”, disse o deputado Evandro Junior que, ao lado do deputado Pedro Lupion, lidera esse movimento a favor dos empreendedores paranaenses.

“É um absurdo uma multinacional receber incentivos do governo, enquanto as empresas paranaenses estão sendo prejudicadas”, disse o deputado Lupion, também ao deixar a reunião. “Queremos ver essa situação corrigida”, complementou.

Participaram, ainda, além de assessores da Casa Civil, os presidentes do Sindicato de Bebidas do Paraná, Luiz Roberto dos Santos, e da Associação de Micro Cervejarias do Paraná, Luciano Wengrzinski.

 

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Confira agenda da DJ Dany Freitas (vídeos)
11 horas atrás

No Norte Pioneiro e sul/sudeste de São Paulo A DJ Dany Freitas (fotos e vídeo) tem

Ação conjunta prende um jovem platinense
12 horas atrás

Em estabelecimento comercial que tinha droga e munições Em torno de 14 horas desta quarta-feira,

Ônibus e moto colidem no centro platinense (vídeo)
13 horas atrás

Trabalhadores rurais volantes retornavam do trabalho https://youtu.be/C7lu8maSPg4 O motorista de um ônibus atravessou a preferencial

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.