Chuvas interrompem abastecimento em Siqueira

O abastecimento de água em Siqueira Campos também está prejudicado pelas chuvas nesta terça-feira (12). Além desses municípios, foram afetados outros municípios,como Tomazina. Todas essas localidades sofrem com inundações nas unidades de captação de água.
A companhia está trabalhando com apenas 30% da capacidade de produção do sistema que atende Londrina e Cambé. O rio Tibagi subiu quatro metros no ponto de captação em Londrina e ameaça inundar a unidade. Também está muito elevada a turbidez (sujeira) da água do Tibagi e do Cafezal.
Devido às fortes chuvas que caíram na região, também há dificuldade de acesso as unidades. Equipes estão procurando rotas alternativas e a baixa dos rios para elaborar diagnóstico e realizar manutenções nos equipamentos. Em Wenceslau Braz, o abastecimento deve ser normalizado durante a tarde. O sistema também sofreu com inundação na madrugada de segunda-feira (11).
Não há previsão de normalização do abastecimento. Caminhões-pipa deverão atender clientes emergenciais, como hospitais, creches e asilos. A população deve utilizar a água de maneira racional, priorizando a alimentação e a higiene pessoal.
A Sanepar lembra que, de acordo com norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), cada imóvel deve ter caixa-d’água com capacidade para atender as necessidades dos moradores por, no mínimo, 24 horas. O reservatório domiciliar deve armazenar pelo menos 500 litros.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.