Pense fora da caixa e monte sua empresa startup em três passos

Tem que ter cabeça de jovem ousado e digital

Talvez um dos maiores desafios do mundo globalizado é a manutenção da estabilidade financeira, pois a corda dos negócios se torna a mesma. Uma puxada mais forte, pode derrubar a outra ponta.
Para se manter com a força e puxar essa, as inovadoras empresas  startups, trouxeram um novo jeito de pensar no século XXI, quando a “bolha da Internet” se tornou uma essencial rede de consumo.

O termo startup, para designar empresas tecnológicas e/ou inovadoras recém-nascidas e rentáveis, começou a ser popularizado no começo dos anos 1990″

De acordo com dados da Associação Brasileira de Startups – ABStartups – a partir de 2010 este nicho de mercado apresentou um crescimento exponencial. Mas o termo startup, para designar empresas tecnológicas e/ou inovadoras recém-nascidas e rentáveis, começou a ser popularizado no começo dos anos 1990.

Do parque tecnológico do Vale do cilicio (Silicon Valley), saíram empresas como Google, Apple Inc., Facebook, Yahoo!, Microsoft, entre outras de sucesso.
O que continua parecido é o perfil da personalidade de negócio do empreendedor com a diferença da inteligência de otimizar o pouco investimento inicial, novo desenho de processo interativo e com possibilidade de escalabilidade universal e digital. A ideia é atingir um maior número de perfis de clientes, gerar lucros em pouco tempo, sem necessidade de aumento dos custos de operação.

    Os passos a seguir, podem ajudar a motivar a criação de uma nova startup:

Passo 1 – Inteligência do Conhecimento
Utilizar duas ferramentas importantes: a inteligência e o conhecimento, podem garantir um desenvolvimento inovador de uma nova startup. Quando se fala em Inteligência, abrange o sentido geral: tanto da habilidade humana de aprender, compreender com o senso da inteligência emocional e criatividade, mas também adaptando às novas inteligências de mercado, como a Data Science ou até a IA – Inteligência Artificial.

Passo 2 – Atenção no comportamento do consumidor a médio/ longo prazo
O desafio é sonhar junto com o consumidor, rascunhando e depois criando mecanismos de valor para este desejo de consumo inovador e tecnológico.
Apostar na instituição, com muita pesquisa de mercado, podem potencializar ainda mais esta implementação.

Passo 3 – Cabeça de jovem ousado e digital
Não importa sua idade cronológica, mas sim o desejo de continuar ousando na criatividade e na onda do desenvolvimento da nova ordem mundial e digital.
A motivação interior, com o pensamento positivo de que tudo vai dar certo, pode levar àqueles que detém do pensamento jovem ao êxito de novos produtos consumíveis. Assim, com pensamento digital e com o serviço interativo, de design arrojado e com o serviço disponível rapidamente, o sucesso de sua empresa startup já está planejado.

*Felippe Toneti é de Jacarezinho, especialista em gerenciamento de projetos e produção, escritor e atualmente gerente de projetos (PMP) de uma multinacional no Rio de Janeiro.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Conheça mais cursos ofertados pela Unopar
7 horas atrás

Opções para todos os gostos e vocações; confira ADMINISTRAÇÃO UNOPAR 🎓 ☑️ Sobre o curso

Goiaba: exportações de Carlópolis crescem 1.142% em dois anos
8 horas atrás

Inglaterra, Portugal, Canadá e Oriente Médio são principais destinos No primeiro semestre de 2022, os

Jacarezinho sedia evento de Tribunal
8 horas atrás

Na próxima terça-feira no campus da UENP A Escola de Gestão Pública do Tribunal de

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.