Paraná lidera ranking de abertura de empresas no País em fevereiro

Os resultados são fruto da digitalização dos processos

A Junta Comercial do Paraná (Jucepar) liderou o ranking de agilidade na abertura de empresas em fevereiro deste ano, segundo o Redesim, mapeamento dinâmico realizado pela Receita Federal. A média foi de 1 dia e 9 horas em 2.448 solicitações analisadas, à frente de Goiás (1 dia e 12 horas), Roraima (1 dia e 13 horas) e Sergipe (1 dia e 14 horas). A média nacional no mês passado foi de 3 dias e 16 horas.

O Paraná saltou da 3º colocação geral em janeiro para a 1º posição em fevereiro, melhorando o tempo médio de abertura, que estava em 1 dia e 16 horas, à época atrás de Sergipe e Goiás. Apenas oito estados e o Distrito Federal tiveram tempo médio inferior a 3 dias no País no mês passado.

O tempo médio é calculado a partir da consulta de viabilidade (nome e endereço) e validação. O Paraná apresentou o melhor tempo médio de consulta, com 17h23m, o 8º melhor no nome, com 4h07m, e o 2º melhor na comprovação de endereço (entre a solicitação e a análise locacional da empresa, de responsabilidade da prefeitura), com 16h21m. Também foi o 5º melhor tempo médio de registro, com 15h17m.
Os resultados são fruto da digitalização dos processos: desde 2020 a Junta Comercial recebe essas solicitações de maneira 100% digital, acelerando tanto a abertura quanto o encerramento de empresas. A atuação integrada em todo o Estado também fez com que o Paraná continuasse gerando oportunidades de negócios e empregos nos últimos meses, mesmo em meio à pandemia.

“A Junta Comercial do Paraná vem se destacando no cenário nacional como uma das líderes no ranking da Redesim. No último mês de fevereiro, confirmamos a nossa posição de destaque ocupando o 1º lugar a nível de Brasil. Isso só foi possível à custa de muito trabalho e inovação. Com a implantação da Junta 100% Digital, transformamos a Jucepar, tirando-a da era do papel e levando-a ao mundo digital”, destacou o presidente da Junta, Marcos Rigoni.
Ele também destacou que os números são relevantes porque a análise sobre o Paraná foi feita em cima do terceiro maior número de protocolos, com 2.448, atrás apenas de São Paulo (10.159) e Minas Gerais (3.131). Ou seja, a conquista do tempo aconteceu diante de volume superior aos outros estados. São mais de 1,5 milhões de CNPJs ativos no Paraná.

MAPA DE EMPRESAS – A agilidade da Jucepar também ganhou destaque nacional no final do ano passado. Segundo o Mapa das Empresas, do Ministério da Economia, que é quadrimestral, a média do Paraná foi a 3ª melhor do País no terceiro quadrimestre de 2020, com 1 dia e 6 horas. O Estado reduziu em 2 dias e 8 horas o tempo de abertura de empresas em relação ao segundo quadrimestre de 2020, quando ocupava a 24ª colocação.
A redução da burocracia e a agilidade de processos e atendimento foram impulsionados por Curitiba, líder entre as capitais do País, onde o tempo médio de abertura de empresas é de apenas 22 horas. O Paraná também tem Sarandi (2º) e Cianorte (3º), na região Noroeste, no ranking das cidades mais rápidas do País fora das capitais, com 5 horas e 21 minutos e 6 horas e 53 minutos, respectivamente.

JUNTA COMERCIAL – A Jucepar é o órgão que recebe todos os dados para a formalização das empresas no Estado, concentrando em apenas um órgão essas informações, diminuindo as burocracias que tornam mais lento o processo e a vida do empresário.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.