Médico do NP dá dicas para evitar ser infectado pela Covid-19

“Enquanto não houver um comportamento responsável de cada um de nós, o vírus vai continuar fazendo festa”         

O médico dermatologista Saulo José de Araújo (fotos) trabalha e reside em Santo Antônio da Platina. Ele faz algumas recomendações sobre como evitar ser infectado pela Covid-19. Elas são reproduzidas abaixo.

Estamos em alerta máximo. O que fazer?

Há quem pergunte se isso é real. Sim, infelizmente é real. E, mais importante, quem pode mudar esse cenário de terror não é o prefeito, governador e nem o presidente. Quem pode agir para diminuir a disseminação do novo coronavírus é você. Enquanto não houver um comportamento responsável de cada um de nós, o vírus vai continuar fazendo a festa dele.

Passado um ano do início da doença, lamentavelmente a grande mídia não se preocupa em colaborar com a nação. O foco deles é:
1 – PLANTAR O TERROR DENTRO DE CADA UM.
2 – FAZER COM QUE VOCÊ FIQUE O MAIOR TEMPO POSSÍVEL PLUGADO NAS SUAS MATÉRIAS.
3 – FALAR MAL DO PRESIDENTE, DA ECONOMIA, DA SOGRA. FALAR MAL DE ALGUMA COISA PARA ENCRUSTAR O CENÁRIO DO TERROR NA MENTE DE CADA UM.

O problema é que o medo não ajuda em nada. Pare um segundo e reflita:
O INDIVÍDUO QUE CUIDA DE ABELHAS E EXTRAI O MEL TRABALHA COM TODOS OS CUIDADOS PARA NÃO SER PICADO POR ELAS. SABE COMO LIDAR, USA PROTEÇÕES.
E SE NELE HOUVESSE SÓ O MEDO? NÃO TERIA COMO TRABALHAR, CERTO?

Informações imprecisas e misturadas com o cenário do terror são espalhadas o tempo todo, deixando de lado o que hoje realmente importa: plantar em cada BRASILEIRO o conhecimento de como se proteger e proteger o próximo. A responsabilidade que cada um tem sobre os rumos da nação. Somente assim vamos sair dessa batalha vitoriosos.

 

 

Assim, vamos ao que você pode fazer por si próprio e por todos:

1 – PRATIQUE ATIVIDADE FÍSICA. SE O CORONAVÍRUS ACHAR VOCÊ, SEU CORAÇÃO E PULMÃO PODEM TER QUE TRABALHAR PESADO. SE PUDER ANDAR, ANDE! SE PUDER CORRER, CORRA. NADE, PEDALE. FAÇA ALGO! MEXA-SE! EM LOCAIS AREJADOS É ONDE MENOS SE PODE PEGAR O VÍRUS. MANTENHA-SE LONGE DAS OUTRAS PESSOAS E PROCURE LUGARES E HORAS ONDE O FLUXO SEJA MENOR.

2 – NOS PRÓXIMOS 20 DIAS, NÃO VÁ À CASA DE AMIGOS E NÃO DEIXE QUE VENHAM ATÉ VOCÊ. EM QUALQUER ENCONTRO NECESSÁRIO , MANTENHA-SE EM LOCAL AREJADO E A 2 METROS DE DISTÂNCIA DAS OUTRAS PESSOAS. SE FOR VER, POR EXEMPLO, SUA MÃE, FIQUE EM UMA DISTÂNCIA SEGURA PARA ELA, SE POSSÍVEL EM UMA ÁREA EXTERNA.
ISSO É MUITO IMPORTANTE GUARDAR: EM ÁREA EXTERNA E COM UMA DISTÂNCIA SEGURA, VOCÊ PODE CONVERSAR COM SEUS AMIGOS E PARENTES ( É O CUIDADO QUE PRECISA SER CONHECIDO E, TONDO CUIDADO, NÃO HÁ ESPAÇO PARA MEDO).

3 – NÃO PROMOVA REUNIÕES FAMILIARES. REUNIÃO DE AMIGOS, ENTÃO, NEM PENSAR! FAÇA SEU ALMOÇO E JANTAR SOMENTE ENTRE AS PESSOAS DE SUA CASA.

4- USE MÁSCARA EM QUALQUER AMBIENTE FECHADO OU COBERTO.
O MAIOR ERRO QUE VEJO É A RETIRADA DA MÁSCARA PARA FALAR. É JUSTAMENTE QUANDO ELA PRECISA FUNCIONAR…
OBS: QUEM ESTIVER COM TOSSE PODE DISSEMINAR O VÍRUS APESAR DA MÁSCARA. O ISOLAMENTO SE TORNA NECESSÁRIO ATÉ A MELHORA CLÍNICA.

5- EVITE REFEITÓRIOS FECHADOS. SE FOR IMPOSSÍVEL , MANTENHA DISTÂNCIA.
EM RESTAURANTES, PROCURE LUGARES AREJADOS.
NÃO SE REÚNA COM PESSOAS QUE NÃO MOREM COM VOCÊ.

 

 

6 – EVITE VIAJAR NESSES PRÓXIMOS 20 DIAS. FORA DO SEU AMBIENTE FICA MAIS DIFÍCIL SE PROTEJER.

7 – INFELIZMENTE TODO MEIO DE TRANSPORTE COM VÁRIAS PESSOAS AUMENTA O RISCO DE DISSEMINAÇÃO DO VÍRUS . BOM EVITAR ENQUANTO PERDURAR ESSA SITUAÇÃO DE FALTA DE VAGAS EM HOSPITAIS.

8 – NÃO CIRCULE SE ESTIVER APRESENTANDO O MÍNIMO SINTOMA DE DOENÇA RESPIRATÓRIA: FEBRE, MAL ESTAR, DOR DE CABEÇA, DOR DE GARGANTA, TOSSE. O MÍNIMO SINAL DEVE SER SUSPEITO. ISOLE-SE ATÉ CONSULTAR SEU MÉDICO.

9 – NÃO TOME MEDICAÇÕES SEM RECEITA . A MEDICINA NO MUNDO TODO TEM ESTUDADO ESSA DOENÇA. EXISTEM ESTUDOS CIENTÍFICOS QUE MOSTRAM RESULTADOS MELHORES COM ALGUNS MEDICAMENTOS. MAS, CADA UM NA SUA HORA E COM DOSE CORRETA. PROCURE SEU MÉDICO DE CONSFIANÇA.

10 – HIGIENE DE MÃOS COM ÁLCOOL NEM PRECISA FALAR…

 

 

Diante da situação atual, pense um pouco sobre como você pode ajudar. Atitudes conscientes são o caminho. Pelo que tenho estudado e observado em estatísticas, o fechamento das atividades comerciais não parece ser a solução.

Pessoas não são estátuas. Sem trabalho, não conseguem ficar paradas. Acabam por se expor sem proteção e com um risco muito maior, buscando ou levando o vírus onde vão. No trabalho, os grupos de encontro são os mesmos e as empresas são conscientes e responsáveis, mantendo o cuidado necessário. Basta observarmos de onde vem essa grande onda de doença, com três episódios de amplificação: primeiro, campanha política, depois, natal e ano novo. Agora, o carnaval turbinou as contaminações. Bancos não abriram, escolas não funcionaram, para muitos foi feriado prolongado. Pessoas viajaram, outras se juntaram…

Ações para conter a doença precisam ser eficazes. Não consigo discordar da orientação para se manter em casa a partir das 20 horas. Isso pode ser que ajude. Mas, na verdade depende da responsabilidade de cada um. A vacina está sendo buscada pelo mundo todo. O problema é mundial. O governo está fazendo o que pode. Acho que até que estamos bem. Ela vai chegar. Por enquanto, vamos fazendo a nossa parte.

 

Você terminou a leitura, navegue pelas nossas notícias a seguir

Categorias e tags

Compartilhar essa notícia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on whatsapp

Siga-nos

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.