Médico do NP dá dicas para evitar ser infectado pela Covid-19

“Enquanto não houver um comportamento responsável de cada um de nós, o vírus vai continuar fazendo festa”         

O médico dermatologista Saulo José de Araújo (fotos) trabalha e reside em Santo Antônio da Platina. Ele faz algumas recomendações sobre como evitar ser infectado pela Covid-19. Elas são reproduzidas abaixo.

Estamos em alerta máximo. O que fazer?

Há quem pergunte se isso é real. Sim, infelizmente é real. E, mais importante, quem pode mudar esse cenário de terror não é o prefeito, governador e nem o presidente. Quem pode agir para diminuir a disseminação do novo coronavírus é você. Enquanto não houver um comportamento responsável de cada um de nós, o vírus vai continuar fazendo a festa dele.

Passado um ano do início da doença, lamentavelmente a grande mídia não se preocupa em colaborar com a nação. O foco deles é:
1 – PLANTAR O TERROR DENTRO DE CADA UM.
2 – FAZER COM QUE VOCÊ FIQUE O MAIOR TEMPO POSSÍVEL PLUGADO NAS SUAS MATÉRIAS.
3 – FALAR MAL DO PRESIDENTE, DA ECONOMIA, DA SOGRA. FALAR MAL DE ALGUMA COISA PARA ENCRUSTAR O CENÁRIO DO TERROR NA MENTE DE CADA UM.

O problema é que o medo não ajuda em nada. Pare um segundo e reflita:
O INDIVÍDUO QUE CUIDA DE ABELHAS E EXTRAI O MEL TRABALHA COM TODOS OS CUIDADOS PARA NÃO SER PICADO POR ELAS. SABE COMO LIDAR, USA PROTEÇÕES.
E SE NELE HOUVESSE SÓ O MEDO? NÃO TERIA COMO TRABALHAR, CERTO?

Informações imprecisas e misturadas com o cenário do terror são espalhadas o tempo todo, deixando de lado o que hoje realmente importa: plantar em cada BRASILEIRO o conhecimento de como se proteger e proteger o próximo. A responsabilidade que cada um tem sobre os rumos da nação. Somente assim vamos sair dessa batalha vitoriosos.

 

 

Assim, vamos ao que você pode fazer por si próprio e por todos:

1 – PRATIQUE ATIVIDADE FÍSICA. SE O CORONAVÍRUS ACHAR VOCÊ, SEU CORAÇÃO E PULMÃO PODEM TER QUE TRABALHAR PESADO. SE PUDER ANDAR, ANDE! SE PUDER CORRER, CORRA. NADE, PEDALE. FAÇA ALGO! MEXA-SE! EM LOCAIS AREJADOS É ONDE MENOS SE PODE PEGAR O VÍRUS. MANTENHA-SE LONGE DAS OUTRAS PESSOAS E PROCURE LUGARES E HORAS ONDE O FLUXO SEJA MENOR.

2 – NOS PRÓXIMOS 20 DIAS, NÃO VÁ À CASA DE AMIGOS E NÃO DEIXE QUE VENHAM ATÉ VOCÊ. EM QUALQUER ENCONTRO NECESSÁRIO , MANTENHA-SE EM LOCAL AREJADO E A 2 METROS DE DISTÂNCIA DAS OUTRAS PESSOAS. SE FOR VER, POR EXEMPLO, SUA MÃE, FIQUE EM UMA DISTÂNCIA SEGURA PARA ELA, SE POSSÍVEL EM UMA ÁREA EXTERNA.
ISSO É MUITO IMPORTANTE GUARDAR: EM ÁREA EXTERNA E COM UMA DISTÂNCIA SEGURA, VOCÊ PODE CONVERSAR COM SEUS AMIGOS E PARENTES ( É O CUIDADO QUE PRECISA SER CONHECIDO E, TONDO CUIDADO, NÃO HÁ ESPAÇO PARA MEDO).

3 – NÃO PROMOVA REUNIÕES FAMILIARES. REUNIÃO DE AMIGOS, ENTÃO, NEM PENSAR! FAÇA SEU ALMOÇO E JANTAR SOMENTE ENTRE AS PESSOAS DE SUA CASA.

4- USE MÁSCARA EM QUALQUER AMBIENTE FECHADO OU COBERTO.
O MAIOR ERRO QUE VEJO É A RETIRADA DA MÁSCARA PARA FALAR. É JUSTAMENTE QUANDO ELA PRECISA FUNCIONAR…
OBS: QUEM ESTIVER COM TOSSE PODE DISSEMINAR O VÍRUS APESAR DA MÁSCARA. O ISOLAMENTO SE TORNA NECESSÁRIO ATÉ A MELHORA CLÍNICA.

5- EVITE REFEITÓRIOS FECHADOS. SE FOR IMPOSSÍVEL , MANTENHA DISTÂNCIA.
EM RESTAURANTES, PROCURE LUGARES AREJADOS.
NÃO SE REÚNA COM PESSOAS QUE NÃO MOREM COM VOCÊ.

 

 

6 – EVITE VIAJAR NESSES PRÓXIMOS 20 DIAS. FORA DO SEU AMBIENTE FICA MAIS DIFÍCIL SE PROTEJER.

7 – INFELIZMENTE TODO MEIO DE TRANSPORTE COM VÁRIAS PESSOAS AUMENTA O RISCO DE DISSEMINAÇÃO DO VÍRUS . BOM EVITAR ENQUANTO PERDURAR ESSA SITUAÇÃO DE FALTA DE VAGAS EM HOSPITAIS.

8 – NÃO CIRCULE SE ESTIVER APRESENTANDO O MÍNIMO SINTOMA DE DOENÇA RESPIRATÓRIA: FEBRE, MAL ESTAR, DOR DE CABEÇA, DOR DE GARGANTA, TOSSE. O MÍNIMO SINAL DEVE SER SUSPEITO. ISOLE-SE ATÉ CONSULTAR SEU MÉDICO.

9 – NÃO TOME MEDICAÇÕES SEM RECEITA . A MEDICINA NO MUNDO TODO TEM ESTUDADO ESSA DOENÇA. EXISTEM ESTUDOS CIENTÍFICOS QUE MOSTRAM RESULTADOS MELHORES COM ALGUNS MEDICAMENTOS. MAS, CADA UM NA SUA HORA E COM DOSE CORRETA. PROCURE SEU MÉDICO DE CONSFIANÇA.

10 – HIGIENE DE MÃOS COM ÁLCOOL NEM PRECISA FALAR…

 

 

Diante da situação atual, pense um pouco sobre como você pode ajudar. Atitudes conscientes são o caminho. Pelo que tenho estudado e observado em estatísticas, o fechamento das atividades comerciais não parece ser a solução.

Pessoas não são estátuas. Sem trabalho, não conseguem ficar paradas. Acabam por se expor sem proteção e com um risco muito maior, buscando ou levando o vírus onde vão. No trabalho, os grupos de encontro são os mesmos e as empresas são conscientes e responsáveis, mantendo o cuidado necessário. Basta observarmos de onde vem essa grande onda de doença, com três episódios de amplificação: primeiro, campanha política, depois, natal e ano novo. Agora, o carnaval turbinou as contaminações. Bancos não abriram, escolas não funcionaram, para muitos foi feriado prolongado. Pessoas viajaram, outras se juntaram…

Ações para conter a doença precisam ser eficazes. Não consigo discordar da orientação para se manter em casa a partir das 20 horas. Isso pode ser que ajude. Mas, na verdade depende da responsabilidade de cada um. A vacina está sendo buscada pelo mundo todo. O problema é mundial. O governo está fazendo o que pode. Acho que até que estamos bem. Ela vai chegar. Por enquanto, vamos fazendo a nossa parte.

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.