Enterrado corpo do cambaraense do acidente com buggy

Fatalidade ocorreu quando ele passeava como turista no Rio 

 

O corpo de Glauco Pacheco Pirolo (foto),  de 51 anos, foi enterrado na tarde desta sexta-feira, dia 19, no Cemitério Municipal de Cambará. Ele era gerente da Farmácia Morifarma em Curitiba, e morreu em Búzios, na Região dos Lagos do Rio, após se envolver – como turista – num acidente com buggy (fotos) na quarta-feira (17).

O corpo chegou para ser velado e depois enterrado pelos amigos e familiares. A fatalidade aconteceu por volta das dez horas. Outros dois ocupantes do veículo, de 47 e 42 anos, ficaram feridos. De acordo com a Prefeitura, o buggy foi alugado por um casal de turistas e o condutor do veículo era da empresa de turismo.

Filho do advogado cambaraense Celso Pirolo, casado com Chrislainy, tinha um casal de filhos, e era sobrinho de Mauro Hernandes, que administra grupo de notícias de Cambará e região pelo aplicativo WhatsApp.

A filha, Letícia, pediu a todos participarem de uma corrente de oração às 15 horas de quinta através da rede Morifarma, em que o genitor trabalhava.

O buggy descia uma ladeira na rua João Fernandes quando perdeu o freio e bateu no muro de uma casa na rua Jacob José Luiz.

Os três ocupantes do carro foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para o Hospital Municipal de Búzios. A mulher de Glauco e o condutor do veículo tiveram ferimentos leves.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.