Entrega de mais 60 veículos reforça forças de segurança do Estado

Segundo secretário de Estado da Segurança Pública os veículos ajudarão a intensificar ações de patrulhamento

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta terça-feira, dia oito, em ato simbólico no Palácio Iguaçu, 60 novos veículos que vão encorpar a frota das polícias (Militar e Civil), do Corpo de Bombeiro e do Departamento Penitenciário. A meta é chegar a 2022 com 80% da frota renovada.

Os caminhões, vans, micro-ônibus e carros serão destinados para patrulhamento, combate a incêndios e auxílio nos trabalhos administrativos em diversas regiões do Estado. O investimento foi de R$ 13.409.911,00.

Ao todo, apenas neste ano, 816 novas viaturas foram incorporadas à frota, já incluindo a entrega desta terça-feira, totalizando R$ 126,1 milhões de investimentos. “Uma polícia bem treinada e bem equipada representa mais segurança para a população. Essas viaturas serão utilizadas para proteger o povo paranaense”, destacou Ratinho Junior.

Segundo o secretário de Estado da Segurança Pública, Rômulo Marinho Soares, os veículos ajudarão a intensificar ações de patrulhamento em andamento, os chamados programas estratégicos do Governo do Estado. Entre eles, estão o policiamento das cidades em virtude das celebrações de fim de ano, operações conjuntas para cumprimento das medidas de controle de circulação do novo coronavírus e a operação de segurança na temporada de verão 2020/2021, prevista para começar neste mês no Litoral.

“A proposta, até o final desta gestão, é renovar 80% da frota. A ação é fruto de um planejamento que está se consolidando neste ano e que inclui também a aquisição de novos armamentos e contratação de pessoal”, afirmou o secretário. “Temos que proporcionar às forças de segurança as ferramentas adequadas para uso no seu trabalho”.

PM E BOMBEIROS  A Polícia Militar recebeu 25 vans do modelo Renault Master, um investimento de cerca de R$ 2,7 milhões. Esses veículos serão destinados para Curitiba, Jacarezinho, Londrina, Cornélio Procópio, Maringá, Paranavaí, Campo Mourão, Ponta Grossa, Guarapuava, Telêmaco Borba, Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Paranaguá, São José dos Pinhais e Colombo.

Outros 15 micro-ônibus rodoviários, avaliados em R$ 6,6 milhões, também foram destinados à PM. Eles serão distribuídos para os comandos de Curitiba, Londrina, Pato Branco, Ivaiporã, Arapongas, Cianorte, Guarapuava, Irati, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão e Paranaguá. Todas as viaturas foram compradas com recursos do Fundo de Reequipamento do Trânsito (Funrestran), originados de multas e infrações de trânsito.

“Essas viaturas serão usadas para transporte de tropa e também de carga. É uma demanda necessária que aguardávamos há algum tempo. Principalmente agora, no final do ano, é essencial ter meios para o deslocamento das tropas para as operações especiais de Natal e na temporada de verão”, destacou o subcomandante-geral da Polícia Militar, Coronel Hudson Teixeira.

O Corpo de Bombeiros terá três novos caminhões, num investimento de R$ 2,7 milhões. Eles serão destinados para três unidades: Toledo, São Mateus do Sul e Pinhais.

“São 52 caminhões adquiridos desde o ano passado. Conseguimos colocar carros mais novos, atualizados, em 50% dos quartéis de Corpo de Bombeiros do Estado”, afirmou o comandante do Corpo de Bombeiros do Paraná, Coronel Samuel Prestes. “É o Estado devolvendo à sociedade, com investimentos, o dinheiro pago em impostos”.

POLÍCIA CIVIL – Para a Polícia Civil foram destinados sete carros, todos do modelo Citroën C4 Lounge, o que totaliza investimento de R$ 538,3 mil. Os veículos foram adquiridos com recurso da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad).

Luiz Roberto Beggiora, secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, ressaltou que o órgão implementou um novo sistema de atuação, alienando bens retirados do crime organizado para serem usados em políticas públicas, especialmente contra as drogas. Segundo ele, o Paraná já recebeu 52 viaturas. Outras 21 estão em fase de aquisição e serão destinadas para ampliar a fiscalização da região das fronteiras do País com Paraguai e Argentina.

“O Paraná é referência nacional nesta questão de reaparelhamento da polícia. Mas precisa de apoio do Ministério da Justiça por causa desse corredor da droga que vem de outros países”, disse.

O delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, destacou que os veículos serão usados na Polícia Civil para reforçar as atividades investigativas. “É o último lote que chegou este ano e é um reforço extremamente importante que está dentro do planejamento que foi feito. É uma estrutura básica da qual depende a Polícia Civil para melhorar ainda mais as atividades de investigação no Paraná inteiro”, destacou.

DEPEN  O Departamento Penitenciário (Depen-PR) recebeu o investimento de R$ 769 mil em dez Citroën C4 Lounge. As novas viaturas vão auxiliar os trabalhos administrativos e serão destinadas a Curitiba (2), Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel, Cruzeiro do Oeste, Francisco Beltrão e Maringá.

“Esses veículos vão melhorar muito a estrutura de atendimento. É algo impressionante o investimento que está sendo feito na parte estrutural do Departamento Penitenciário por este Governo”, afirmou o diretor do Depen-PR, Francisco Caricati.

De acordo com ele, o Paraná vai abrir nos próximos anos entre 7 mil e 8 mil vagas no sistema, o que torna a estruturação ainda mais relevante. “É um projeto ambicioso. Vamos aumentar em 50% a nossa a estrutura”, disse.

PRESENÇAS – Participaram do evento o deputado estadual Delegado Recalcatti; o tenente-coronel Gerson Gross, subcomandante da Academia Policial Militar do Guatupê; além de policiais militares e civis.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.